quinta-feira, setembro 21, 2006

Medo de Amar

Vire essa folha do livro
E se esqueça de mim

Finja que o amor acabou
E se esqueça de mim

Você não compreendeu
Que o ciúme é um mal de raiz
E que ter medo de amar
Não faz ninguém feliz

Agora vá sua vida
Como você quer
Porém não se surpreenda
Se uma outra mulher

Nascer de mim
Como no deserto uma flor
E compreender que o ciúme
É o perfume do amor

(Vinícius de Moraes)

Nenhum comentário: