quarta-feira, junho 27, 2007

(Voltaire)

- Aquele que está disposto a matar pela sua fé é um crente falso. Persegue os outros porque não tem certeza em sua crença. Um cientista nunca se disporá a lutar pelos fatos que aponta. Nenhuma guerra foi originada pela solução de um teorema geométrico. Mas os padres têm a arrogância de assassinar seus semelhantes por um sistema de teologia que não passa de um mito e por um conjunto de dogmas que não são mais que opiniões. Tais homens são lunáticos perigosos, e sua atividade perniciosa deve ser represada, a todo custo. -

2 comentários:

leandroflores disse...

Olá Fer.
Seus posts estão em ritmo frenético ultimamente heim...rs. Não que eu esteja reclamando devo ressaltar...rs

Um texto de Voltaire? Ateologia..rs. Ele argumenta bem demais msm. Um gênio entre gênios.

Bjaaaum pra tih Fer.

cm disse...

as fronteiras (ciência/fé , verdades/mentiras) são armas que servem a quem se quer servir...

um abraço fraterno